Do not do if payday loans contains artificial sugar we look at.

DICIONÁRIO DE TERMOS MAÇÔNICOS
Do not do if payday loans contains artificial sugar we look at.

 AS PALAVRAS, AS FRASES E OS TERMOS MAÇÔNICOS MAIS USADOS NO RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO PARA A MAÇONARIA NO BRASIL.
Do not do if payday loans contains artificial sugar we look at.

A COBERTO Frase maçônica, que indica que um maçom nada deve a Loja a que pertence. Também o mesmo que coberto (veja Estar a coberto).

A ORDEM Posição ritualística em que o maçom deve ficar em Loja (quando solicitado), de acordo com o grau em que a Loja estiver trabalhando. AB Julho, no Calendário Maçônico ABÓBADA CELESTE Forro de uma Loja (semeado de estrelas).

ABREVIATURAS MAÇÔNICAS (algumas abreviaturas)A G.'. D.'. G.'. A.'.

D.'. U.'. - À Gloria do Grande Arquiteto do Universo.
A.'. D.'. - Anno Domini
A.'. Dep.'. - Anno Depositiones
A.'. F.'. and A.'. M'. - Ancient Free And Accepted Mason
A.'. L.'. - Ano Luz
A.'. M.'. - Ano Mundi
A.'. Or,', - O ano da Ordem
An.'. - Anjo
Ao Oc.'. - Ao Ocidente
Ao Or.'. - Ao Oriente
Ap.'. M'.'= Aprendiz Maçom
Apr.'. - AprendizB'n.'. Irmãos em inglês (brothers)
B.'. - Irmão em inglês (brother)
C.'. - Compasso
C.'. M.'. - Câmara do Meio
C.'. M.'. - Companheiro Maçom
C.'.G.'. - Capitão da Guarda
Cav.'. - Cavaleiro
D.'. - Diácono
D.'. G.'. M.'. P.'. - Deputado Grande Mestre Provincial
E.'. A.'. - Aprendiz em inglês (Entered Apprendice)
E.'. C.'. - Excelente Companheiro
E.'. V.'. D.'. - Egrégios Vixit Domini (Viveu Para o Senhor)
F.'. A.'. M.'. - Maçom Livre e Aceito em inglês (Free and Accepted Mason)
F.'. C.'. - Companheiro em inglês
F.'. E.'. C.'. - Fé, Esperança e Caridade
G.'. A.'. - Grande Arquiteto
G.'. L.'. - Grande Loja
G.'. L.'. P.'. - Grande Loja do Paraná
G.'. M','- Grão-Mestre
G.'. M.'. C.'. - Grande Mestre de Cerimonias
G.'. O.'. - Grande Oriente
G.'. O.'. B.'. - Grande Oriente do Brasil
G.'. O.'. P.'. - Grande Oriente do Paraná
G.'. P.'. - Grande Percursor
G.'. S.'. - Grande Secretário
G.'. T.'. - Grande Tesoureiro
G.'. T.'. - Guarda do Templo
H.'. A.'. B.'. - Hiran Abif
J.'. - Juramento
L.'. - Loja
L.'.D.'.P.'. - Liberdade de Pensar (ou de Passagem)
M.'. M.'. - Mestre Maçom
M.'. C.'. - Câmara do Meio em inglês ( Middle Chamber)
M.'. C.'. - Mestre de Cerimônias
M.'. - MaçomM.'. M.'. - Mestre Maçom
M.'. R.'. - Mui Respeitável
M.'. V.'. M.'. - Mui venerável Mestre
Maç.'. - Maçom ou Maçonaria
MM.'. (ou Mmaç.'.) - Maçons
Or.'. - Oriente ou Orador
P.'. D.'. - Primeiro Diácono
P.'. G.'. M.'. - Past Grand Master (Ex-Grão-Mestre)
P.'. P.'. P.'. - Presente, Passado e Porvir
P.'. S.'. - Palavra Sagrada
P.'. V.'. - Primeiro Vigilante
Q.'. I.'. - Querido Irmão
R.'. C.'. - Rosa-Cruz
R.'. E.'. A.'. A.'. - Rito Escocês Antigo e Aceito
R.'. L.'. - Respeitável Loja
R.'. M.'. - Respeitável Mestre
S.'. D.'. - Segundo Diácono
S.'. F.'. U.'. - Saúde, Força e União
S.'. P.'. S.'. - Saúde, Progresso e Solidariedade
S.'. S.'. S.'. - Saúde, Saúde, Saúde (ou Stlella-Sedet-Soli)
S.'. V.'. - Segundo Vigilante ou Silêncio e Virtude
V.'. L.'. - Verdadeira Luz
V.'. M.'. - Venerável Mestre



ABRIL Ijar (no calendário maçônico).
ACÁCIA Símbolo maçônico da imortalidade, em virtude da mesma manter-se sempre verde, mesmo nas areias do deserto.
ACLAMAÇÃO Sinais, Palavras ou Frases que os membros de uma Loja usam para aprovar por unanimidade alguma manifestação.
ADAR Fevereiro, no Calendário Maçônico.
ADONAI O mesmo que Adônis, comumente traduzido como "Senhor"; astronomicamente, é o Sol. Palavra de passe e sagrada de vários graus.
ADORMECIDO Estado em que se encontra um maçom ou uma Loja, quando este interrompe seus trabalhos e ou freqüência regular, sem perder seus direitos maçônicos - Maçom que não está afiliado a nenhuma Loja Maçônica.
ADORNOS São os adornos, as peças que constituem o traje maçônico do operário (o avental, o colar, as jóias, etc).
ADORNOS DA LOJA São os adornos das Lojas os conjuntos de peças que adornam a Loja como: O Pavimento Mosaico, a Orla Dentada e a Estrela Flamígera.
ÁGAPE Banquete fraterno, desprovido de qualquer ritual.
ÁGATA É uma das pedras que figuram simbolicamente nas lendas maçônicas, porque ela desempenha um papel importante da lenda salomônica. Seu nome é em homenagem ao rio Ágata na Sicília onde foi encontrada pela primeira vez.
AGOSTO Eliul (no calendário maçônico)
ÁGUA Um dos quatro elementos purificadores na cerimônia de iniciação ou elevação do candidato.
ÁGUIA Ave de rapina, cujas características são: a audácia, a serenidade, a força e a velocidade. Figura entre os símbolos mais importantes da Maçonaria.
ÁGUIA BICÉFALA Distintivo dos mais elevados graus da Maçonaria Filosófica e Administrativa. É o emblema do grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito e figura nos símbolos dos Cavaleiros Kadosh, e outros graus do filosofismo.
AJAR Abril, no Calendário Maçônico
ALEGORIA Palavra de origem grega que representa certos atos ou idéias (O mesmo que símbolo)
ALELUIA Cântico de louvor e alegria pronunciado em diversos graus.
ALFAIAS São os móveis, adornos, jóias e distintivos da Oficina e dos oficiais.
ALIANÇA Aliança feita entre Davi e Hiran (rei de Tiro) e depois continuada com o rei Salomão. Foi dado o auxílio através de um Mestre de nome Hiran Abif, de materiais e dos operários de Tiro, que se mandou construir a casa de Davi e mais tarde o Templo de Salomão. (II Sam. 5:11; Reis, 5; Crô. 14; II Crô. 2:3; 9:10)
ALINHAR OS CANHÕES Dispor os copos e garrafas sobre uma linha marcada por uma fita da cor do Rito, nos trabalhos de banquete ALTAR Local situado no centro da Loja, na frente do Venerável, onde ficam localizadas as grandes Luzes ( O livro da Lei, o Esquadro e o Compasso).
ALTAR DOS JURAMENTOS Local localizado no centro de uma Loja, onde está localizado o Livro da Lei. (O mesmo que altar) ANDERSON, James Reverendo, teólogo e ministro da Igreja Presbiteriana de Londres, nascido em Edimburgo na Escócia em 1675, É considerado como o promotor da Reforma Maçônica realizado na Inglaterra em 1717. Incumbido que foi para compilar as leis, os usos, os costumes e Landmarks da Maçonaria Moderna, denominada de "Livro das Constituições" surgindo aí a Grande Loja da Inglaterra, então com 20 Lojas no ano de 1723.
ÂNGULO RETO Simboliza a perfeição ou a retitude de conduta que todo maçom deve seguir.
ANO DOMINI Ano do Calendário Gregoriano (1996, 1997, 1998....)
ANO MUNDI O mesmo que ano da "Verdadeira Luz". Acrescenta-se 3.760 anos ao calendário Gregoriano. O ano da "Verdadeira Luz" inicia em setembro de cada ano.
APELAÇÃO Prerrogativa que um maçom tem de apelar das decisões superiores, obedecendo os trâmites e normas determinadas pelos estatutos e jurisprudências respectivas.
APRENDIZ MAÇOM Título dado ao maçom no grau 01 do Rito Escocês Antigo e Aceito. AR Um dos quatro elementos purificadores na cerimônia de iniciação ou elevação do candidato.
ARCA Palavra usada para designar diversos ritos e graus
ARCA DA ALIANÇA Testemunho da segunda aliança do Senhor com a humanidade por meio de Moisés.No grau 22 do Rito Escocês Antigo e Aceito, se ensina que as árvores do Líbano cresceram e foram utilizadas para a construção da Arca da Aliança e no grau 32 constitui a jóia do Grande Machado.
AREÓPAGO Nome das colinas de Ares, em Atenas, que deu o nome ao tribunal supremo daquela cidade, composto de 31 membros, incumbidos de julgar as causas criminais mais importantes. No Rito Escocês Antigo e Aceito, é a denominação genérica das Lojas Filosóficas dos graus 19o. ao 30o. - É também o nome da Câmara do Exame para a recepção dos Cavaleiros Kadosh.
AREÓPAGO DE KADOSH (OU CAVALEIRO KADOSH) Título dado ao maçom no grau 30 do Rito Escocês Antigo e Aceito (também Grande El

DELL

JAFET Nome de um dos filhos de Noé (Gên 9:18) incorporado às tradições e rituais maçônicos.
JAKIM Nome hebraico derivado de Jah, abreviatura de Jeová (Sal.68:4) e achim, "estabelecer" . Era a segunda coluna do templo de Salomão.
JANEIRO Schevat (no calendário maçônico)
JEOVAH ou JEOVÁ Nome judeu da Divindade criadora. No rito escocês Antigo e Aceito se encontra nos graus: 5, 13, 14, 20,23, 24,25,26 e 27. JERUSALÉM CELESTE Cidade Simbólica, mencionada no grau 19o. do Rito Escocês Antigo e Aceito. No grau 19o., também denominado Grande Pontífice ou Sublime Escocês.
JÓIA DO ARQUITETO DECORADOR Um maço e um Cinzel ou duas réguas cruzadas
JÓIA DO CHANCELER Um sinete (carimbo) da Loja
JÓIA DO COBRIDOR EXTERNO Uma espada ou alfanje
JÓIA DO COBRIDOR INTERNO (GUARDA DO TEMPLO) Duas espadas cruzadas.
JÓIA DO DECORADOR Um Maço e um Cinzel.
JÓIA DO EXPERTO Uma espada, ou um punhal, ou uma régua, ou duas espadas cruzadas, ou ainda um olho.
JÓIA DO HOSPITALEIRO Uma bolsa.
JÓIA DO MESTRE DE BANQUETES Uma Cornucópia
JÓIA DO MESTRE DE CERIMÔNIAS Uma régua ou dois bastões cruzados.
JÓIA DO MESTRE DE HARMONIA Uma lira
JÓIA DO ORADOR Um livro aberto.
JÓIA DO PAST-MASTER O postulado 47 de Euclides, gravada em uma lâmina de prata, dentro de um esquadro.
JÓIA DO PORTA BANDEIRA Uma bandeira
JÓIA DO PORTA ESPADAS Uma Espada.
JÓIA DO PORTA ESTANDARTE Um estandarte
JÓIA DO PRIMEIRO DIÁCONO Uma pomba dentro de um triângulo, uma pomba ou um Sol dentro do Compasso .
JÓIA DO PRIMEIRO VIGILANTE O Nível
JÓIA DO SECRETÁRIO Duas penas cruzadas
JÓIA DO SEGUNDO DIÁCONO Uma pomba ou uma lua dentro do Compasso
JÓIA DO SEGUNDO VIGILANTE O Prumo
JÓIA DO TESOUREIRO Uma ou duas chaves cruzadas
JÓIAS DO VENERÁVEL MESTRE A Esquadria. (O esquadro, o compasso, e semento do círculo e o Sol com "o olho que tudo vê").
JÓIAS IMÓVEIS São: o Quadro de Traçar (prancha ou lousa), a Pedra Bruta e a Pedra Cúbica
JÓIAS MÓVEIS São: o Esquadro, o Nível e o Prumo (distintivos dos cargos do Venerável Mestre, do Primeiro Vigilante e do Segundo vigilante respectivamente.).
JÔNICA Veja Coluna
JUBELAS, JUBELOS JUBELUM Nome dos três maus companheiros que assassinaram Hiram Abif.
JULHO Ab (no calendário maçônico)
JUNHO Thamuz (no calendário maçônico).
JURAMENTO Solene compromisso que presta um candidato ou maçom (Obrigação com que um maçom impõe perante a Ordem).
JUSTA, PERFEITA E REGULAR Diz-se de uma Loja legalmente constituída e instalada. JUSTIÇA A Maçonaria incute através de seus ensinamentos, que a Justiça reja a vida de todas as coisas e seres dentro da harmonia na vida do homem.
KABALA Veja Cabala
KADOSH Do hebraico, "consagrado ou santo" Na Maçonaria serve para designar um grau e um sistema.
KISLEV Novembro, no Calendário Maçônico.
L.'. E.'. T.'. Triagrama correspondente a Lux et tenebris, lema dos Cavaleiros Rosa-Cruz.
L.'. S.'. Insígnia do grau 22o. do Rito escocês Antigo e Aceito (iniciais de Líbano e Salomão).
LANDMARK (Baliza, limites, termos) Um Landmark não é nem um símbolo, nem uma alegoria e sim, uma regra. Se define um Landmark, como uma regra de conduta, que deve ser mantida imutável desde os primórdios tempos até o futuro. Esta forma de Lei pode ser de tradição escrita ou oral. São consensuais e devem ser mantidas intactas, em virtude de compromissos solenes e invioláveis.
LENDA Segundo a lenda, Hiran Abif era um homem de Tiro, filho de uma viúva da tribo de Neftali (I Reis 7:14) e (II. Crô. 2: 13--14). Que foi enviado por Hiran (Rei de Tiro) ao rei Salomão para a construção do Templo de Jerusalém. A lenda simbólica maçônica o considera Hiran Abif como "O Arquiteto do Templo de Salomão". Esta lenda inspira sobretudo em uma das cerimônias mais lindas da Maçonaria (a passagem de companheiro para mestre). Verdadeiro psicodrama, esta cerimônia reconstrui o assassinato do Mestre Hiran no Templo de Salomão, por três companheiros descontentes. A busca do seu corpo por mestres desconsolados, o descobrimento de uma acácia plantada no lugar em que ele havia sido enterrado e, finalmente a ressurreição de cada um dos irmãos elevado a condição de mestre. Esta lenda provém de um mistério representado desde a Idade Média.
LENDAS Relatos simbólicos ou alegóricos de certas verdades, leis ou fatos da natureza, porém no geral, requerem uma chave para a sua exata interpretação. Podem ter sentido cósmico, individual ou místico filosófico. Na Maçonaria, várias são as lendas como: A construção do Templo, etc.
LEVANTAR COLUNAS Diz-se de uma Loja que voltou a funcionar regularmente depois de haver permanecido inativa por um determinado período. LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE Lema maçônico emancipador e regenerador das classes sociais. Só os homens livres e de bons costumes e igualdade de condições, pode conviver fraternalmente em uma sociedade organizada. Todos os membros maçônicos devem ser: livres e iguais perante a si, seus irmãos e perante a Lei.
LICENÇA Permissão para ausentar-se de sua Loja por motivos e deveres superiores ou moléstias graves. Pode ser limitada ou ilimitada. É isenta de contribuições durante a sua vigência.
LIMPO E PURO Profano ou maçom, quando julgado e aprovado em sindicância.
LINGUAGEM MAÇÔNICA Linguagem especial, compreendida apenas pelos iniciados nos mistérios da Maçonaria.
LIVRE Diz-se de um cidadão em pleno gozo de seus direitos civis. Condição para um homem ser Maçom.
LIVRO DA LEI A Bíblia Sagrada (O mesmo que Livro Sagrado)
LIVRO DA LEI (Abertura do Livro da Lei nos graus simbólicos) Grau 1 - Salmo 133Grau 2 - Amós VII, 7-8Grau 3 - Eclesiastes XII, 1-7 LIVRO DE ARQUITETURA O livro de atas
LIVRO DE DISCIPLINA Livro que contem as acusações, faltas e penalidades contra os irmãos. Também chamado de Livro Vermelho. LIVRO DE PRESENÇA Registro no qual os obreiros de uma Loja e seus visitantes apõe sua assinatura em cada reunião. LIVRO NEGRO Livro que registra os nomes e as sentenças dos irmãos expulsos da Ordem e dos profanos recusados à admissão da mesma. LIVRO TOMBO O livro onde são anotados os bens móveis da Loja ou Potência.
LIVRO SAGRADO A Bíblia Sagrada (O mesmo que Livro da Lei)
LIVRO VERMELHO Livro que contem as acusações, faltas e penalidades contra os irmãos. Também chamado de Livro de Disciplina. LOJA Local em que os maçons se reúnem (o mesmo que Templo). Sua entrada principal se localiza no ocidente, o Venerável Mestre no oriente. Uma Loja para estar devidamente regular, deve contar com pelo menos sete mestres. A reunião deve ser sempre em um local coberto e devidamente fechado.
LOJA AZUL Loja simbólica, completa em três graus.
LOJA CAPITULAR Loja subordinada ao Supremo Conselho do Rito Escocês Antigo e Aceito, especificamente as do grau 4o. ao 9o. LOJA DE SÃO JOÃO Nome dado antigamente à todas as Lojas Simbólicas, em geral precedendo a sua denominação. Ainda hoje usado para denominar Loja Maçônica.
LOJA IRREGULAR reunião não autorizada de maçons regulares ou declarados irregulares e com os quais não se pode reunir.
LOJA JUSTA Loja com cinco membros, a qual não tem o direito de iniciar ou conceder aumento de salários.
LOJA JUSTA E PERFEITA É uma Loja constituída por pelo menos sete Mestres e reunidos nos trabalhos o mínimo de sete irmãos.
LOJA MÃE Loja onde o maçom foi iniciado.
LOJA PERFEITA Veja loja Justa e Perfeita.
LOJA SIMBÓLICA Oficina dos três graus iniciais (Loja Azul)
LOJA SIMPLES loja de estudos formada pela reunião de três maçons
LOJAS DE PERFEIÇÃO Grupo de Lojas subordinadas ao Supremo Conselho do Rito Escocês Antigo e Aceito, especificamente as do grau 4o. ao 9o.
LOJAS IRMÃS Lojas de uma mesma Obediência ou que fazem tratados de amizade.
LOWTON Filho ou neto de maçom (de 7 a 12 anos), que é apresentado e

Compre livros no Submarino:
Maçonaria

Filosofia

História do Brasil